domingo, 20 de janeiro de 2019

Pithivier de maçã

As iguarias doces de origem francesa têm sempre aquela virtude de nos surpreender ... e esta não foi exceção!
Este clássico francês é uma tarte bem conhecida que data do século XVII. Tem sofrido algumas alterações no seu recheio, ainda que se mantenha fiel ao seu formato original.
O recheio principal é uma pasta de amêndoa/frangipane, mas que apresenta uma grande versatilidade, tanto no uso de frutas, para versões doces, como em modo salgado, onde é habitual usar-se carne, queijo ou salmão.
Desta feita a Pithivier é a rainha da 35º edição do Sweet World das queridas Susana e Lia.
Ingredientes: 
  • 2 placas redondas de massa folhada (frescas)
  • 1 ovo batido
Para o caramelo de maçã: 
  • 4 maças Royal Gala ou Golden (grandes) descascadas e picadas
  • 120g de açúcar amarelo
  • 1 c. de sopa de manteiga c/sal
  • ½ vagem de baunilha
Para o creme Frangipane: 
  • 140g de manteiga amolecida
  • 140g de açúcar amarelo
  • 2 ovos médios
  • 2 c. de sopa de rum escuro (de boa qualidade)
  • raspa de 1 tangerina
  • 140g de amêndoa ralada
  • 20g de farinha de trigo s/fermento
  • açúcar em pó para polvilhar
Preparação: 
Comece por fazer o caramelo de maçã; num tacho misture as maçãs picadas (usei a mandolina da Borner), a manteiga e o açúcar. Divida a vagem de baunilha ao meio longitudinalmente e raspe as sementes diretamente para o tacho. Coloque em lume baixo e cozinhe, mexendo ocasionalmente, durante 30 minutos, ou até as maçãs ficarem cozidas e começar a ficar um caramelo dourado. As maçãs vão liberar alguma água no início e depois é que começarão a caramelizar.
Com uma varinha mágica triture quase tudo, pode deixar ficar alguns pedaços de maçã inteira. Retire do lume e deixe arrefecer.
Para fazer o creme Frangipane, bata a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Acrescente os ovos, a raspa de tangerina e o rum. Misture bem.
De seguida acrescente a amêndoa ralada (quase em farinha) e a farinha de trigo, envolva até ficar um creme homogéneo.
Abra uma placa de massa folhada e corte um círculo de 28 cm de diâmetro, usando um prato como molde. Coloque a placa sobre papel vegetal previamente untado com manteiga e espalhe por cima o caramelo de maçã e posteriormente o recheio de Frangipane, deixando uma margem de 2 cm sem creme a toda a volta. Pincele essa margem com um pouco de ovo batido. Coloque a segunda placa de massa folhada por cima e pressione as extremidades. Leve ao frigorífico por 1 hora.
Depois coloque o forno a pré-aquecer a 200ºC.
Retire a tarte do frio, pincele toda a massa da superfície com o ovo batido e, se gostar, faça, levemente, umas linhas curvas com aponta de uma faca fina, sem cortar a massa.
Leve ao forno por 25-30 minutos, até a massa estar douradinha.
Retire do forno, deixe arrefecer e polvilhe com açúcar em pó (opcional).

Receita da tarte é da querida Susana, do Blog Basta Cheio
É tudo o que se pode esperar de uma tarte espetacular!

2 comentários:

  1. Que maravilha!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, querida Mary!
      Recomendo esta maravilhosa iguaria francesa.
      Beijinhos,

      Paula G.

      Eliminar