domingo, 19 de fevereiro de 2017

Tarte de Espinafres

Ultimamente, quando penso numa refeição ligeira e saborosa, apetece-me uma reconfortante tarte de legumes!
É uma ótima receita para aqueles dias em que não apetece fazer nada de muito complicado e é excelente para acompanhar com um prato de sopa ou até mesmo para levar na marmita.
Esta é mesmo muito fácil de fazer!
Tarte de Espinafres
Comece por colocar a massa numa tarteira (usei 20 cm e dobrei a restante massa por cima do recheio) e pique com um garfo para não enfolar.
Escalde os espinafres, escorra-os bem e coloque-os na base da massa.
Numa taça bata os ovos, com o queijo creme e as natas.
Tempere com sal e pimenta e verta o preparado para a tarteira de forma a cobrir o recheio.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 25 minutos.

Simplesmente deliciosa!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Crème Brûlée de Baunilha

Estou de regresso, mas bem devagar e sem complicações!
Após umas semanas afastada da minha cozinha e das minhas aventuras, volto com uma receita bem simples mas deliciosa.
É um clássico nas sobremesas de colher e já há bastante tempo o deveria ter experimentado!
Mas nunca é tarde e achei por bem fazê-lo para mimar a minha cara-metade neste Dia dos Namorados.
Aproveito também para voltar aos desafios da querida Martinha do blog Intrusa na Cozinha.
Crème Brûlée de Baunilha

  • 400 ml de natas
  • 100 ml de leite gordo
  • 100 g de açúcar
  • 4 gemas de ovo
  • 1 vagem de baunilha
  • 1 tira de casca de limão
  • 50 g de açúcar mascavado para o brûlée
Comece por colocar as natas num tacho juntamente com a baunilha aberta e a casca de limão.
Leve ao lume, só para aquecer, sem deixar ferver.
Bata as gemas com o açúcar e reserve.
Junte as natas aquecidas à mistura de gemas, retirando a vagem de baunilha e a casca de limão.
 
Bata, mas de forma suave, para não criar demasiadas bolhas de ar.
Leve os ramequins num tabuleiro, com água até metade dos ramequins, ao forno pré-aquecido a 150ºC durante 35 minutos.
Retire os ramequins e deixe arrefecer. Depois de frios, leve ao frigorífico pelo menos 4 horas. Antes de servir, cubra o creme com açúcar mascavado e queime com um pequeno maçarico de cozinha.
Sirva bem fresco.
Feliz Dia dos Namorados!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Cannelloni de Vitela

De origem italiana, os canelones (ou cannelloni) são uma massa de formato cilíndrico que pode rechear com qualquer sabor, basta usar a sua imaginação!
É também um excelente prato para aproveitar sobras de carne assada ou usar qualquer tipo de carne a seu gosto como; frango, peru, porco ou vitela que foi o caso de hoje. 
Aqui fica a minha sugestão para mais um desafio do grupo Dia Um... Na Cozinha!
É sem dúvida uma receita simples, deliciosa e um verdadeiro sucesso à mesa!
  • 600 g de carne de vaca picada
  • 1 fio de azeite
  • 50 ml de vinho branco
  • 1 cebola
  • 1 folha de louro
  • 5 colheres de sopa de polpa de tomate
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • queijo ralado (usei Mozzarella, mas podem optar por outro que sirva para gratinar).
  • folhas de tomilho ou orégãos
  • 16 canelones Milanesa
Molho béchamel:

  • 250 ml de leite
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 2 colheres de sopa de farinha
  • 1 colher de chá de mostarda
  • sal

Leve um tacho ao lume com um fio de azeite a cebola picada, deixe alourar 3 a 4 minutos. Junte a carne tempere de sal e pimenta, adicione a polpa do tomate e o vinho.
Deixe cozinhar, mexendo de vez em quando.
Prove e corrija os temperos caso seja necessário.

Prepare o molho béchamel:
Numa caçarola derreta a margarina, polvilhe com a farinha e regue com os 250 ml de leite, vá mexendo com uma vara de arames para não formar grumos. Quando engrossar desligue, tempere com sal e pimenta e retire do lume.

Montagem dos canelones:
Recheie com o preparado da carne os canelones, coloque-os num tabuleiro untado com um pouco de bechamel
.
Deite o molho béchamel sobre os canelones, polvilhe com queijo ralado e tomilho (ou orégãos).
Leve a gratinar ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 25 minutos ou até verificar que está gratinado.
 

Notas:  Caso não tenham em casa canelones, podem sempre usar placas de lasanha e enrolar fazendo um canudo, deixando sempre as extremidades voltadas para baixo para que não abram.
Bom apetite!!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Risotto de Polvo

Adoro risotto! É uma das minhas receitas de arroz favorita!
Para a grande maioria das pessoas é apenas mais um prato de arroz, mas para mim é uma delícia!
A forma como é cozinhado, a dedicação e a atenção que requer na sua confecção… sempre a mexer e a acrescentar o caldo aos poucos … em lume brando, um aroma delicioso... enfim, uma maravilha!
Risotto de Polvo
  • 400 g de arroz para risotto
  • 1,200 g de polvo
  • 1 cebola 
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 pimento vermelho
  • azeite, sal e pimenta q.b.
  • coentros picados q.b.
Coza o polvo com habitualmente. Não deixe cozer demasiado, retire e deixe arrefecer. Reserve a água da cozedura.
Entretanto pique a cebola e os alhos, e leve-os a refogar no azeite, até começarem a ficar ligeiramente dourados Adicione o arroz e deixe absorver toda a gordura, depois adicione um pouco do caldo da cozedura e vá mexendo constantemente até o arroz absorver o líquido todo. Repita este processo, até o arroz ficar "al dente" e com um aspeto cremoso, durante 20 minutos. Junte o pimento em tiras, o polvo às rodelas e deixe cozinhar. Quando se tiver evaporado o caldo, junte mais e assim sucessivamente. Quando o arroz estiver quase cozido, rectifique os temperos.
Deixe descansar por 2 minutos. Sirva de imediato, bem quente polvilhado com coentros picados na hora.
Bom apetite!

domingo, 22 de janeiro de 2017

Bolo Formigueiro com Coco

Porque é fim de semana e sabe sempre bem um bolo para acompanhar o lanche de domingo, trago um simples mas delicioso Bolo Formigueiro com um leve aroma a Coco.
Confesso que já tinha muitas saudades de aqui vir publicar as minhas aventuras na cozinha! 
Após algum tempo ausente e com “tudo” por resolver (a cirurgia foi adiada duas vezes e aguardo nova data), pretendo sempre que consiga, voltar a partilhar as receitas que por aqui se vão fazendo.
Até lá, deliciem-se com este maravilhoso bolo de textura extra fofa!
Bolo Formigueiro com Coco
  • 250 g de açúcar
  • 160 g manteiga à temperatura ambiente
  • 1 pacote de natas
  • 50 g de coco ralado desidratado
  • 4 ovos
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 250 g da farinha de trigo
  • 1 iogurte natural
  • 100 g de chocolate granulado (o dos brigadeiros)

Comece por pré-aquecer o forno a 180ºC.
Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma de bolo de 24 cm (usei a Elegant Party da NordicWare). Reserve.
Bata as claras em castelo e reserve. Depois, bata o açúcar com a manteiga até obter um creme fofo e esbranquiçado.
Adicione as gemas, seguidas das natas, do iogurte e do coco ralado e bata muito bem.
Junte a farinha peneirada e adicione o fermento e bata até ficar homogéneo.
Incorpore as claras na massa, cuidadosamente.
Junte o chocolate, misturando até ficar uniformemente distribuído pela massa.
Deite a massa na forma e leve a cozer durante 30-40 minutos, faça o teste do palito.
Retire do forno e deixe arrefecer ligeiramente na forma durante alguns minutos.

Receita inspirada no Blog Flagrante Delicia
Bom domingo e um grande beijinho para todos!

domingo, 18 de dezembro de 2016

Bolachinhas de Natal

Estamos a uma semana do tão esperado dia de Natal! 
Dia de celebrar o amor em família e de mimarmos os que mais amamos.
No Natal gosto sempre de oferecer um miminho especial feito por mim, feito com amor, carinho e dedicação.
A receita de hoje faz parte da série especial de natal do "faça-você-mesmo", ou seja sugestões de prendas comestíveis para oferecermos à família e aos amigos.
Esta receita é realmente muito simples e rápida!.
Esta será, também, a última publicação do ano, pois vou ficar ausente do blog por algum tempo (breve, assim espero!) devido a uma nova intervenção cirúrgica.
Assim, aproveito para desejar um Santo e Feliz Natal e umas Boas Festas a todos os seguidores e amigos do Sugar Bites.
  • 1 placa de massa folhada rectangular
  • 1 pacote de 250 g de fruta cristalizada
  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • açúcar e canela para polvilhar
Comece por cortar a fruta cristalizada em cubinhos e coloque numa taça o Vinho do Porto e deixe a macerar durante uma hora.
Depois, corte tiras de massa folhada com 1 cm, no sentido da largura (o mais curto).
Retire a fruta e deixe a escorrer por uns minutos e depois é só enrolar nas tirinhas de massa folhada. (como na fotografia)
Por fim, polvilhe levemente com açúcar e canela em pó.
Leve a cozer em forno pré aquecido a 180ºC durante 20 minutos ou até estarem doiradinha. 
Deixe arrefecer numa grelha e depois guarde numa caixa hermética.

Nota: Estas bolachinhas tem de ser consumidas no tempo máximo até 3 dias, pois como têm fruta cristalizada podem-se estragar.
 Feliz Natal e Bom Ano de 2017 para todos!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Bundt de Leite Condensado e Nozes Pecan

As semanas andam frias e os dias incertos, mas ligar o forno e fazer um bolo é sempre uma ótima opção!
Este bolo é perfeito para o pequeno-almoço, lanche...ou para qualquer altura do dia!
Aconselho esta receita fantástica. Tenho a certeza que vão gostar!
Eu adorei...
Bundt de Leite Condensado e Nozes Pecan
  • 1 lata de leite condensado 
  • 4 ovos
  • 40 g de caramelo líquido
  • 8 g de açúcar baunilhado
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 250 g de farinha de trigo 
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 100 g de nozes Pecan picadas
Abra a lata de leite condensado e retire duas colheres para uma taça. Reserve para a cobertura.
Bata as claras em castelo com uma pitada de sal.
Coloque o restante leite condensado numa taça. Adicione as gemas, o açúcar baunilhado, a manteiga e o caramelo. Bata a mistura com a batedeira de modo a uniformizar a mistura.
Adicione a farinha misturada com o fermento à massa, alternadamente com as claras em castelo. Envolva as nozes na massa.
Coloque a massa numa forma de Bundt untada com margarina ou pulverizada com spray anti-aderente.
Leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 a 45 minutos.
Desenforme o bolo depois de arrefecer.
Regue o bolo  com o restante leite condensado.

Receita da Isabel Zibaia do blog Cinco Quartos de Laranja
Boas Festas!