domingo, 19 de fevereiro de 2017

Tarte de Espinafres

Ultimamente, quando penso numa refeição ligeira e saborosa, apetece-me uma reconfortante tarte de legumes!
É uma ótima receita para aqueles dias em que não apetece fazer nada de muito complicado e é excelente para acompanhar com um prato de sopa ou até mesmo para levar na marmita.
Esta é mesmo muito fácil de fazer!
Tarte de Espinafres
Comece por colocar a massa numa tarteira (usei 20 cm e dobrei a restante massa por cima do recheio) e pique com um garfo para não enfolar.
Escalde os espinafres, escorra-os bem e coloque-os na base da massa.
Numa taça bata os ovos, com o queijo creme e as natas.
Tempere com sal e pimenta e verta o preparado para a tarteira de forma a cobrir o recheio.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 25 minutos.

Simplesmente deliciosa!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Crème Brûlée de Baunilha

Estou de regresso, mas bem devagar e sem complicações!
Após umas semanas afastada da minha cozinha e das minhas aventuras, volto com uma receita bem simples mas deliciosa.
É um clássico nas sobremesas de colher e já há bastante tempo o deveria ter experimentado!
Mas nunca é tarde e achei por bem fazê-lo para mimar a minha cara-metade neste Dia dos Namorados.
Aproveito também para voltar aos desafios da querida Martinha do blog Intrusa na Cozinha.
Crème Brûlée de Baunilha

  • 400 ml de natas
  • 100 ml de leite gordo
  • 100 g de açúcar
  • 4 gemas de ovo
  • 1 vagem de baunilha
  • 1 tira de casca de limão
  • 50 g de açúcar mascavado para o brûlée
Comece por colocar as natas num tacho juntamente com a baunilha aberta e a casca de limão.
Leve ao lume, só para aquecer, sem deixar ferver.
Bata as gemas com o açúcar e reserve.
Junte as natas aquecidas à mistura de gemas, retirando a vagem de baunilha e a casca de limão.
 
Bata, mas de forma suave, para não criar demasiadas bolhas de ar.
Leve os ramequins num tabuleiro, com água até metade dos ramequins, ao forno pré-aquecido a 150ºC durante 35 minutos.
Retire os ramequins e deixe arrefecer. Depois de frios, leve ao frigorífico pelo menos 4 horas. Antes de servir, cubra o creme com açúcar mascavado e queime com um pequeno maçarico de cozinha.
Sirva bem fresco.
Feliz Dia dos Namorados!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Cannelloni de Vitela

De origem italiana, os canelones (ou cannelloni) são uma massa de formato cilíndrico que pode rechear com qualquer sabor, basta usar a sua imaginação!
É também um excelente prato para aproveitar sobras de carne assada ou usar qualquer tipo de carne a seu gosto como; frango, peru, porco ou vitela que foi o caso de hoje. 
Aqui fica a minha sugestão para mais um desafio do grupo Dia Um... Na Cozinha!
É sem dúvida uma receita simples, deliciosa e um verdadeiro sucesso à mesa!
  • 600 g de carne de vaca picada
  • 1 fio de azeite
  • 50 ml de vinho branco
  • 1 cebola
  • 1 folha de louro
  • 5 colheres de sopa de polpa de tomate
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • queijo ralado (usei Mozzarella, mas podem optar por outro que sirva para gratinar).
  • folhas de tomilho ou orégãos
  • 16 canelones Milanesa
Molho béchamel:

  • 250 ml de leite
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 2 colheres de sopa de farinha
  • 1 colher de chá de mostarda
  • sal

Leve um tacho ao lume com um fio de azeite a cebola picada, deixe alourar 3 a 4 minutos. Junte a carne tempere de sal e pimenta, adicione a polpa do tomate e o vinho.
Deixe cozinhar, mexendo de vez em quando.
Prove e corrija os temperos caso seja necessário.

Prepare o molho béchamel:
Numa caçarola derreta a margarina, polvilhe com a farinha e regue com os 250 ml de leite, vá mexendo com uma vara de arames para não formar grumos. Quando engrossar desligue, tempere com sal e pimenta e retire do lume.

Montagem dos canelones:
Recheie com o preparado da carne os canelones, coloque-os num tabuleiro untado com um pouco de bechamel.
Deite o molho béchamel sobre os canelones, polvilhe com queijo ralado e tomilho (ou orégãos).
Leve a gratinar ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 25 minutos ou até verificar que está gratinado.
 

Notas: Caso não tenham em casa canelones, podem sempre usar placas de lasanha e enrolar fazendo um canudo, deixando sempre as extremidades voltadas para baixo para que não abram.


Bom apetite!!