domingo, 10 de julho de 2016

Bolo Floresta Negra

Hoje, trago-vos um dos mais famosos bolos de chocolate do mundo, de origem alemã (ainda que existam rumores que possa ter vindo da Suíça) e de seu verdadeiro nome Schwarzwälder Kirschtorte, que significa “bolo de cereja floresta negra”, é perfeito para celebrar um dos grandes frutos desta época, maravilhosamente bem acompanhado pelo delicioso chocolate negro. 
Um bolo que há muito queria experimentar e a participação no Sweet Word das queridas Lia e Susana, foi a desculpa perfeita para o fazer!  
Bolo: 
  • 3 ovos L
  • 200g de açúcar
  • 100g de manteiga
  • 120g de chocolate
  • 1 colher (sobremesa) de extrato de baunilha
  • 1 c. de sopa de cacau
  • 150g de farinha (sem fermento)
  • 1 colher (café) de fermento
  • 25g de amido de milho
  • 125ml de leite 
  • 75ml de buttermilk
Recheio, Cobertura e Decoração: 
  • 200-250g de cerejas frescas
  • 100 ml de Kirsch (usei Ginjinha)
  • 400ml de natas para bater (colocar no congelador 10 minutos antes de bater)
  • 150g de açúcar em pó
  • 120g de chocolate para culinária
     (raspas)
Preparação: 
Comece por descaroçar as cerejas (reservando algumas inteiras para a decoração), envolve-las no licor e deixa-las a macerar durante a noite.
Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte duas formas de 18 cm de diâmetro com manteiga, forre o fundo com um disco de papel vegetal e volte a untar. Reserve.
Parta o chocolate aos pedaços e coloque num tacho médio com a manteiga, o leite e uma pitada de sal. Leve ao lume até os ingredientes se misturarem , retire do lume e reserve.
Leve os ovos a bater com o açúcar e o extrato de baunilha cerca de 5 minutos até a massa fica esbranquiçada e bem fofa.
Peneire os secos – farinha, amido de milho, cacau, fermento – para um recipiente.
Aos poucos vá juntando ao preparado anterior, envolvendo delicadamente, junte o buttermilk e misture. Adicione o preparado de chocolate e envolva bem. 
Verta metade do preparado em cada forma e leve ao lume cerca de 20-25 minutos até a massa estar cozida e firme. Retire do lume, deixe arrefecer e desenforme. (não é suposto crescer muito).
Quando a massa estiver fria corte em dois discos iguais, fazendo quatro elementos de massa.
Bata as natas até estarem bem firmes e adicione de seguido o açúcar em pó batendo um pouco mais.
Para as lascas de chocolate em pedaços pequenos e leve a derreter em banho maria. Quando estiver perfeitamente líquido, espalhe sobre uma folha de papel vegetal e com a ajuda de uma espátula espalha-lo bem, enrolando de seguida a folha, formando um canudo. Leve ao frio e quando estiver completamente duro abra a folha. O chocolate vai-se partindo em pedaços de várias formas e tamanhos. Use a gosto.
Montagem:   
Coloque o primeiro disco de massa no prato de servir, pincele generosamente com o licor de cerejas, barre com uma boa generosa de chantili e espalhe as cerejas maceradas por cima. 
Coloque o segundo disco, volte a pincelar bem com licor e espalhe chantili. Repita até ao último disco de bolo. Para terminar barre o bolo todo – laterais e topo – com chantili. Decore a gosto com lascas e/ou raspas de chocolate e cerejas.
Conserve no frio e serva fresco.
Nota_1: considerando o papel do chantili neste bolo é essencial que as natas estejam mesmo firmes antes de aplicar. Não esquecer de as colocar no congelador 10 minutos antes de bater e usar uma marca que não falhe.

Receita do Jamie Oliver do livro " As Receitas que nos fazem felizes".
Bom apetite!

12 comentários:

  1. Delicioso e lindo, e tens razão, é difícil comer apenas uma fatia :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este bolo é mesmo irresistível, Carlinha!
      Obrigada e um grande beijinho,
      Paula G.

      Eliminar
  2. Lindo e certamente muito saboroso! Parabéns Paula!
    Um beijinho
    Helena
    Cooking

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Helena!
      Um bolo que encantou ;)
      Beijinhos,
      Paula G.

      Eliminar
  3. Que coisa mais linda este teu Floresta Negra Paula!!
    Adorei e olha, já me ensinaste algo hoje, pois essa forma de fazer as lascas de chocolate é muito mais fácil que a que utilizei, em que se partiam todos em mil bocadinhos. Já vou usar esta tua técnica fantástica para a próxima.
    Obrigada linda por estares connosco uma vez mais e seres tão dedicada ao SW.
    Um grande beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, muito obrigada doce Lia!
      Que bom que gostaste, e é sempre um prazer participar no vosso fantástico SW.
      O bolo , esse está uma verdadeira delicia!!
      Um grande beijinho,
      Paula G.

      Eliminar
  4. Que bolo lindo e aposto que ficou delicioso!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Mary!
      É sem dúvida um bolo muito delicioso.
      Beijinhos,
      Paula G.

      Eliminar
  5. Ficou lindo o bolinho :)
    É dos bolos mais famosos e mais gulosos! Está com óptimo aspecto!
    As lascas de chocolate ficaram perfeitas!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Joana!
      É sem dúvida um bolo muito saboroso e que brilha em qualquer mesa.
      Gostei bastante desta técnica de fazer lascas de chocolate ;9
      Beijinhos,
      Paula G.

      Eliminar
  6. Olá Paulinha,

    Bem fôfo e querido ficou este teu Florest! :) Gostei muito.
    É engraçado ver como tanta gente o queria fazer mas, por um ou outro motivo, nunca tinham avançado. Assim fica feito, provado e aprovado! :D
    Muito Obrigada por mais uma bela participação no SW.

    Bjinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susaninha,
      Este vosso SW tem nos desafiado a fazer até mesmo aqueles bolos que estavam nas listas interminaveis, mas por serem mais dificeis ou trabalhosos iam ficando para trás. Foi precisamente o que me aconteceu com este Floresta Negra, e bem arrependida estou!!
      É um bolo fantástico e inigualável!
      Beijinhos e obrigada, Susaninha.
      Paula G.

      Eliminar