sábado, 16 de julho de 2016

Tatin de Pera

Há muitas versões para a origem desta tarte. Uma das mais conhecidas conta que duas irmãs francesas, as Tatin, a inventaram acidentalmente. Se foi acidente ou não, tanto faz: o que interessa é que é uma verdadeira delícia!!
Nesta receita, as maçãs foram substituídas por peras, que também têm suculência e suavidade perfeitas para a Tarte Tatin.
Tatin de Pera
  • 1 pacote de massa folhada redonda
  • 30 ml de Amaretto (usei Triple Sec)
  • 3 peras grandes (usei Williams)
  • 40 g de Vaqueiro sabor a manteiga
  • 140 g de açúcar
  • 1 vagem de baunilha
  • raspa de 1 laranja
  • 1 mão bem cheia de amêndoas laminadas
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Descasque as peras, corte-as aos quartos (perpendicular ao caroço) e retire os pés e as sementes. Coloque-as numa taça pouco funda, regue-as com o Triple Sec e reserve.
Coloque a manteiga a derreter sobre lume médio numa frigideira de 25cm de diâmetro que possa depois ir ao forno (terá de ser toda metálica).
Quando a manteiga derreter junte o açúcar - incline a frigideira de um lado para o outro para a manteiga e o açúcar ficarem bem misturados. Quando estiver dourado adicione a vagem partida ao meio e raspe as sementes, envolva tudo.
Coloque as peras, aperte-as bem; as que sobrarem corte em pedaços e preencha os intervalos - com a cozedura a pera vai encolher. Junte as amêndoas laminadas e a raspa da laranja.
Se vir que o açúcar começa a caramelizar muito depressa, baixe o lume até que o líquido libertado pelas peras o deixe mais líquido. Aí poderá voltar a colocá-lo em lume médio. Tape a frigideira, mas fique sempre "de olho" por causa do caramelo.
Uma ou outra vez vire as peras com a ajuda de dois garfos e use-as para mexer o caramelo - tenha muito cuidado para não fazer à mão porque corre o risco de se queimar.
Atingido o ponto perfeito de cor âmbar, retire a frigideira do lume.
Retire a massa do frigorífico e cubra a frigideira - com a ponta dos dedos dobre as extremidades para dentro e pressione ligeiramente a massa para a encaixar.
Deixe cozer durante 20 minutos ou até que a massa esteja dourada.
Retire do forno e ainda quente coloque um prato largo sobre a frigideira e vire a tarte para o prato.
Sirva a tarte quente - simples ou com uma bola de gelado, sugiro este aqui.

Receita do Livro “As Receitas que nos Fazem Felizes” do Jamie Oliver
 Acompanhado por uma bola de gelado de baunilha, simplesmente divinal!

4 comentários:

  1. Linda e deliciosa a tua tarte tatin !!!
    Beijinhos Paula 😘😘😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, muito obrigada querida Mafaldinha!!
      Adoro tartes tatins, mas esta superou todas as outras que já comi!
      Simplesmente divinal ;)
      Um grande beijinho,
      Paula G.

      Eliminar
  2. Paula linda,
    Eu que adoro tatin, seja de que fruta for, já amei esta de pera.
    Também vou fazer uma brevemente... invenções... vamos ver o que sai, lol!!
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doce e querida Lia,
      Já somos duas, pois também adoro tatin de qualquer fruta!
      Esta, posso confirmar que fica divinal ;) ... tanto em sabor como perfumada.
      Tambem adoro inventar, e as tuas invensões são sempre maravilhosas!
      Beijinhos,
      Paula G.

      Eliminar